«Tudo me é permitido, mas não me deixarei ser controlado por nada», Viriato Soromenho-Marques | Frederico Lourenço.

A 7ª edição do Festival Literário da Madeira recebeu Viriato Soromenho-Marques e Frederico Lourenço, Prémio Pessoa 2016. O palco do Teatro Municipal Baltazar Dias foi o centro das atenções do muito público que se deslocou para ouvir dois intelectuais de invulgar qualidade. As exposições foram longas e ricas em conteúdo. Madalena Nunes, a quem coube […]

Participação de Maria Manuel Viana no FLM

  TEMA O homem precisa daquilo que em si há de pior Friedrich Nietzsche «Todos os aforismos de Zaratustra E a terra virgem dos paradoxos Os sofismos elegantes e subtis Tudo tudo se transformou em sangue.» Estes versos foram escritos na prisão, em 1937, por Bukharin, o mais culto dos bolcheviques, o teórico da revolução […]

18:00 | Conversa | ALTERIDADE «Vou existir onde jamais vivi» Fiama Hasse Pais Brandão

A tarde de 5ª feira foi preenchida por um tema muito actual: a alteridade. O eu existe em função do outro. A palavra alteridade vem da palavra latina “alter”, que significa um outro. Daniel Oliveira (jornalista), Ana Luísa Amaral (escritora portuguesa), Cynan Jones (escritor galês) e Ondjaki (escritor angolano) conversaram sob o mote “Vou existir […]

Sessão de Abertura | «Serve-nos a vida mas não nos chega» Mia Couto

  O Festival Literário da Madeira recebeu Mia Couto, um dos principais escritores em língua portuguesa, na Sessão de Abertura. O escritor moçambicano conversou com Fernando Alves, jornalista e autor de “Sinais”, da TSF, numa conjugação de vozes singulares. As muitas palavras de contentamento escritas nas redes sociais demonstraram o apreço dos leitores madeirenses por […]

Artolas Artimanhas, de Helena Camacho e Nelson Henriques | Teatro Infantil | Filme

  O começo do FLI foi entregue aos leitores mais jovens. Os alunos e professores da EB1/PE do Covão apresentaram a peça de teatro baseada em “Artolas Artimanhas”, de Helena Camacho e Nelson Henriques. O Teatro Baltasar Dias foi ainda o local escolhido para a projecção de um pequeno filme, realizado por elementos da EB1/PE […]

Conversa | «Todas as crianças do Mundo devem ser concebidas como seres nascidos para ler» Lídia Jorge | Participantes: Graça Alves, Carla Maia de Almeida, Gabriela Ruivo Trindade | Moderação: Manuela Ribeiro

Depois da peça de teatro e do filme sobre Artolas Artimanhas, de Helena Camacho e Nelson Henriques, as sábias palavras de Lídia Jorge serviram de mote à Conversa programada. “Todas as crianças no Mundo devem ser concebidas como seres nascidos para ler” foi a frase que iniciou o debate moderado por Manuela Ribeiro, autora de […]

Apresentação do Livro Artolas Artimanhas, de Helena Camacho e Nelson Henriques

SEG. 11 / Abril / TARDE 14:30 | Apresentação do Livro Artolas Artimanhas, de Helena Camacho e Nelson Henriques | Local: Biblioteca Municipal de Câmara de Lobos   Haverá som mais belo do que o riso de uma criança? Helena Camacho, escritora madeirense, semeou muitos risos e sorrisos entre os meninos e meninas presentes. Na […]

Condenados a construir belas ruínas

  Rui Campos Matos, arquitecto, moderou a ruína. Ladeado por Isabela Figueiredo, João Luís Barreto Guimarães, Paulo Moura e Marcos Peres, eis a síntese de uma conversa que não vai ruir na recordação. «A ruína é algo com que me cruzo frequentemente. Enquanto cirurgião reconstrutivo, a ruína é da ordem do estrago, do dano, do […]

O que fazer com a flor de Coleridge?

O que fazer com a flor de Coleridge? Na primeira conversa desta manhã, ascenderam ao palco ao Teatro Valério Romão, Alex Gozblau e Raquel Nobre Guerra, acompanhados por Henrique Amoedo e escoltados pelo espírito de Rilke: “O belo apenas é o começo do terrível”. [Uma pergunta que não se ouviu: num Teatro de guerra, é […]